Kit de Primeiros Socorros

WMA Brasil Agenda Cursos Parceiros Contato Artigos

 

Montando um Kit de Primeiros Socorros

por Samanta Chu

10 de abril de 2015

 

Ao montar um kit de primeiros socorros para suas aventuras a nossa recomendação é que você monte um kit adequado para cada situação, isto é, leve em consideração fatores como atividade (escalando, caminhando, remando?), ambiente (floresta, deserto, altitude?), duração da viagem, número de participantes e condições climáticas.

Utilizar uma bolsa estanque (à prova d’água) com cor de destaque como vermelho ou laranja é uma ótima maneira de garantir que o kit fique protegido do ambiente e possa ser facilmente encontrado. Empacotar tudo em ziplocs em módulos também ajuda a manter o kit organizado e fica prático remover/acrescentar módulos conforme necessário; por exemplo ter um ou dois ziplocs com ataduras, um com o kit de limpeza de feridas, um com bandagens triangulares, etc.

Segue abaixo algumas sugestões para a montagem de um kit básico:

 

Equipamentos de proteção individual

  • Luvas procedimento, diversos pares! Elas não devem ser reutilizadas!!
  • Máscara RCP/pocket mask. Uma pocket mask ainda é o ideal; máscaras descartáveis devem possuir um filtro!
  • Máscara para proteger o rosto do socorrista (nariz e boca). É leve e prática mas pode ser substituída por uma bandana ou camiseta

 

Kit limpeza feridas

  • Seringa para irrigação (60cc com catéter é o ideal)
  • Pinça pontiaguda
  • Tesoura pequena de ponta fina
  • Lente de aumento pequena para limpeza de feridas
  • Gazes diversas (em rolo, não-aderentes são importantes para queimaduras e abrasões)
  • Curativos diversos (não-aderente, se disponível. Absorvente feminino é uma boa opção com grandes feridas)
  • Esparadrapo (impermeável, respirável, transparente, escolha o adequado para a atividade)
  • Atadura elástica (coban; ótima para cobrir feridas de tecido nos membros)

* Iodopovidona (PVPI) ou clorexidina, indicado no caso de quantidade limitada de água limpa (potável, tratada) ou no caso de feridas muito contaminadas com evacuação demorada. Devem ser diluídos a 1%!

 

Medicamentos de uso livre. O ideal é que você e todos os integrantes da viagem consultem o médico pessoal/da família e peça orientações. Caso você costume tomar medicamentos mesmo que ocasionalmente é bom tê-los consigo para a viagem e leve a bula! Sempre siga as indicações do seu médico ou do fabricante.

  • Admnistração da dor: aspirina/AAS, ibuprofeno, paracetamol, dipirona
  • Anti-histamínico: reações alérgicas
  • Pomada antibiótica: bolhas e feridas pequenas superficiais
  • Distúrbios gastrointestinais: óleo mineral, amaciante de fezes. Evite o uso de laxantes e “rolhas”

 

Diversos

  • Carboidrato em gel (sachê de mel)
  • Repositor de sais em pó
  • 2-3 bandagens triangulares
  • Cobertor de emergência
  • Tala de alumínio moldável (tala SAM)
  • Atadura elástica (tipo tensor – ótima para dar suporte a lesões estáveis)
  • Moleskin ou curativo hidrocolóide para bolhas
  • Guia de bolso WMA
  • Livreto de notas SOAP
  • Lápis
  • Apito
  • Lanterna
  • Tesoura de ponta romba

 

Essa lista pode e deve ser complementada e customizada de acordo com as suas necessidades.
E lembre-se que idealmente o seu kit deve sempre estar em local acessível, no topo de sua mochila, dentro do cockpit de seu barco e etc.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!
Curta a nossa página no Facebook e nos siga no Instagram

Gostaria de receber informações sobre os nossos cursos? Nos deixe o seu contato.